DVD Roberto Carlos - Emoções Sertanejas (2010) [2010]

CD:
1. À distância (Milionário & José Rico)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

1. À distância (Milionário & José Rico)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Nunca mais você ouviu falar de mim
Mas eu continuei a ter você
Em toda esta saudade que ficou
Tanto tempo já passou e eu não te esqueci
Quantas vezes eu pensei voltar
E dizer que o meu amor nada mudou
Mas o meu silêncio foi maior
E na distância morro todo dia sem você saber
O que restou do nosso amor ficou
No tempo esquecido por você
Vivendo do que fomos ainda estou
Tanta coisa já mudou, só eu não te esqueci
Quantas vezes eu pensei voltar
E dizer que o meu amor nada mudou
Mas o meu silêncio foi maior
E na distância morro todo dia sem você saber
Eu só queria lhe dizer que eu
Tentei deixar de amar não consegui
Se alguma vez você pensar em mim
Não se esqueça de lembrar que eu nunca te esqueci
Quantas vezes eu pensei voltar
E dizer que o meu amor nada mudou
Mas o meu silêncio foi maior
E na distância morro todo dia sem você saber
Quantas vezes eu pensei voltar
E dizer que o meu amor nada mudou
Mas o meu silêncio foi maior
E na distância morro todo dia sem você saber

© EMI Music Publishing

2. Proposta (César Menotti & Fabiano)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

2. Proposta (César Menotti & Fabiano)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu te proponho
Nós nos amarmos
Nos entregarmos
Neste momento
Tudo lá fora deixar ficar
Eu te proponho
Te dar meu corpo
Depois do amor
O meu conforto
E além de tudo
Depois de tudo
Te dar a minha paz
Eu te proponho
Na madrugada
Você cansada
Te dar meu braço
No meu abraço
Fazer você dormir
Eu te proponho
Não dizer nada
Seguirmos juntos
A mesma estrada
Que continua
Depois do amor
No amanhecer

Eu te proponho
Te dar meu corpo
Depois do amor
O meu conforto
E além de tudo
Depois de tudo
Te dar a minha paz
Eu te proponho
Na madrugada
Você cansada
Te dar meu braço
No meu abraço
Fazer você dormir
Eu te proponho
Não dizer nada
Seguirmos juntos
A mesma estrada
Que continua
Depois do amor
No amanhecer
No amanhecer
Eu te proponho

© EMI Music Publishing

3. As curvas da estrada de Santos (Nalva Aguiar)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

3. As curvas da estrada de Santos (Nalva Aguiar)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Se você pretende saber quem eu sou
Eu posso lhe dizer
Entre no meu carro na Estrada de Santos
E você vai me conhecer
Você vai pensar que eu
Não gosto nem mesmo de mim
E que na minha idade
Só a velocidade anda junto a mim
Só ando sozinho e no meu caminho
O tempo é cada vez menor
Preciso de ajuda, por favor me acuda
Eu vivo muito só
Se acaso numa curva
Eu me lembro do meu mundo
Eu piso mais fundo, corrijo num segundo
Não posso parar
Eu prefiro as curvas da Estrada de Santos
Onde eu tento esquecer
Um amor que eu tive e vi pelo espelho
Na distância se perder
Mas se amor que eu perdi
Eu novamente encontrar, oh
As curvas se acabam e na Estrada de Santos
Não vou mais passar
Não, não vou mais passar, oh
Eu prefiro as curvas da Estrada de Santos
Onde eu tento esquecer
Um amor que eu tive e vi pelo espelho
Na distância se perder
Mas se amor que eu perdi
Eu novamente encontrar, oh, oh
As curvas se acabam e na Estrada de Santos
Eu não vou mais passar
Não, não, não, não, não, não
Na Estrada de Santos as curvas se acabam
E eu não vou mais passar
Não, não, não,
Oh , na Estrada de Santos as curvas se acabam

© Edições Euterpe

4. Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo (Gian & Giovani)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

4. Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo (Gian & Giovani)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Tanto tempo longe de você
Quero ao menos lhe falar
A distância não vai impedir
Meu amor de lhe encontrar
Cartas já não adiantam mais
Quero ouvir a sua voz
Vou telefonar dizendo
Que eu estou quase morrendo
De saudade de você
Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Eu não sei por quanto tempo eu
Tenho ainda que esperar
Quantas vezes eu até chorei
Pois não pude suportar
Para mim não adianta
Tanta coisa sem você
E então me desespero
Por favor meu bem eu quero
Sem demora lhe falar
Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Mas o dia que eu puder lhe encontrar
Eu quero contar o quanto sofri
Por todo esse tempo
Que eu quis lhe falar
Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Cartas já não adiantam mais
Quero ouvir a sua voz
Vou telefonar dizendo
Que eu estou quase morrendo
De saudade de você
Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Mas o dia que eu puder lhe encontrar
Eu quero contar o quanto sofri
Por todo esse tempo
Que eu quis lhe falar
Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Eu te amo, eu te amo, eu te amo

© EMI Music Publishing

5. Alô (Martinha)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

5. Alô (Martinha)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Diga logo de uma vez o que você quer de mim
Não me torture mais
Não me faça mais sofrer insistindo em me dizer
Que pensa em mim demais
Quando você fica só e precisa ouvir a voz
De quem te ama
Não suporta a solidão, pega o telefone e então
Me chama
E quando eu digo alô, fala de amor
Às vezes chora e mexe com meu coração
Me faz pensar que ainda me ama e alimenta essa ilusão
Que acaba nas semanas que você me esquece
Quando eu penso que esqueci
O telefone entra rasgando a madrugada a enlouquecer
O coração dispara, a mesma história vejo acontecer
E atordoado eu digo alô, e é você
Diga logo de uma vez o que você quer de mim
Quando você fica só
E precisa ouvir a voz de quem te ama
Não suporta a solidão, pega o telefone e então
Me chama
E quando eu digo alô, fala de amor
Às vezes chora e mexe com meu coração
Me faz pensar que ainda me ama e alimenta essa ilusão
Que acaba nas semanas que você me esquece
Quando eu penso que esqueci
O telefone entra rasgando a madrugada a enlouquecer
O coração dispara, a mesma história eu vejo acontecer
E atordoado eu digo alô, e é você
E quando eu digo alô, fala de amor
Às vezes chora e mexe com meu coração
Me faz pensar que ainda me ama e alimenta essa ilusão
Que acaba nas semanas que você me esquece
Quando eu penso que esqueci
O telefone entra rasgando a madrugada a enlouquecer
O coração dispara, a mesma história, vejo esquecer
E atordoado eu digo alô, e é você
E quando eu digo alô
Fala de amor, às vezes chora e mexe com meu coração
E quando eu digo alô, fala de amor
Às vezes chora e mexe com meu coração
Me faz pensar que ainda me ama e alimenta essa ilusão
Que acaba nas semanas que você me esquece
Quando eu penso que esqueci
O telefone entra rasgando a madrugada a enlouquecer
O coração dispara, a mesma história eu vejo acontecer
E atordoado eu digo alô, e é você
E quando eu digo alô, fala de amor
Às vezes chora e mexe com meu coração
Me faz pensar que ainda me ama e alimenta essa ilusão
Que acaba nas semanas que você me esquece
Quando eu penso que esqueci
O telefone entra rasgando a madrugada a enlouquecer
O coração dispara, a mesma história, vejo esquecer
E atordoado eu digo alô, e é você
E quando eu digo alô
Fala de amor, às vezes chora e mexe com meu coração

© Amigos / ECRA

6. Desabafo (Bruno & Marrone)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

6. Desabafo (Bruno & Marrone)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Por que me arrasto aos seus pés
Por que me dou tanto assim
E por que não peço em troca
Nada de volta pra mim?
Por que é que eu fico calado
Enquanto você me diz
Palavras que me machucam
Por coisas que eu nunca fiz?
Por que é que eu rolo na cama
E você finge dormir?
Mas se você quer eu quero
E não consigo fingir
Você é mesmo essa mecha
De branco nos seus cabelos
Você pra mim é uma ponta
A mais nos meus pesadelos
Mas acontece que eu
Não sei viver sem você
Às vezes me desabafo
Me desespero porque
Você é mais que um problema
É uma loucura qualquer
Mas sempre acabo em seus braços
Na hora que você quer
Você é mais que um problema
É uma loucura qualquer
Mas sempre acabo em seus braços
Na hora que você quer

© Amigo / ECRA

7. Caminhoneiro (Dominguinhos & Paula Fernandes)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos - John Hartford)
view lyrics»

7. Caminhoneiro (Dominguinhos & Paula Fernandes)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos - John Hartford)

Todo dia quando eu pego a estrada
Quase sempre é madrugada
E o meu amor aumenta mais
Porque eu penso nela no caminho
Imagino seu carinho
E todo o bem que ela me faz
A saudade então aperta o peito
Ligo o rádio e dou um jeito
De espantar a solidão
Se é de dia eu ando mais veloz
E à noite todos os faróis
Iluminando a escuridão
Eu sei
`Tô correndo ao encontro dela
Coração `tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei
Todo dia nessa estrada
Do volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
Já rodei o meu país inteiro
Como bom caminhoneiro
Peguei chuva e cerração
Quando chove o limpador desliza
Vai e vem no parabrisa
E bate igual, meu coração
Doido pelo doce do seu beijo
Olho cheio de desejo
Seu retrato no painel
É no acostamento dos seus braços
Que eu desligo meu cansaço
E me abasteço desse mel
Eu sei
`Tô correndo ao encontro dela
Coração `tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei
Todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
Todo dia quando eu pego a estrada
Quase sempre é madrugada
E o meu amor aumenta mais
Olho o horizonte e vou em frente
`Tô com Deus e vou contente
Meu caminho eu sigo em paz
Eu sei
`Tô correndo ao encontro dela
Coração `tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei
Todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
Eu sei
`Tô correndo ao encontro dela
Coração `tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei
Todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
O nome dela…
O nome dela…
O nome dela…
O nome dela…
O nome dela…

© UNIVERSAL MUSIC PUBLISHING MGB/SONY ATV PUBLISHING

8. Todas as manhãs (Sérgio Reis)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

8. Todas as manhãs (Sérgio Reis)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Todas as manhãs quando eu acordo
Eu me lembro de você
Todos os momentos do meu dia
Não consigo te esquecer
Diga meu amor o que é que eu faço
Pra não me lembrar do seu abraço
Eu preciso te esquecer
Entro no meu carro, ligo o rádio
Uma canção me traz você
Tudo que eu vejo de bonito
Se parece com você
Diga meu amor o que é que eu faço
Eu preciso arrebentar de vez os laços
Que me prendem a você
Chuva fina no meu pára-brisa
Vento da saudade no meu peito
Visibilidade distorcida
Pela lágrima caída
Pela dor da solidão
E a chuva no meu pára-brisa
Vento de saudade no meu peito
Visibilidade distorcida
Pela lágrima caída
Pela dor da solidão
Sempre nos lugares onde vou
Alguém pergunta de você
Paro num sinal e olho a rua
Na esperança de te ver
Diga meu amor o que é que eu faço
Tudo faz lembrar você por onde eu passo
E eu preciso te esquecer
E a chuva fina no meu pára-brisa
Vento de saudade no meu peito
Visibilidade distorcida
Pela lágrima caída
Pela dor da solidão
E a chuva no meu pára-brisa
Vento de saudade no meu peito
Visibilidade distorcida
Pela lágrima caída
Pela dor da solidão
E a chuva no meu pára-brisa (coro)
Vento de saudade no meu peito
Visibilidade distorcida
Pela lágrima caída
Pela dor da solidão
E a chuva no meu pára-brisa
Vento de saudade no meu peito
Visibilidade distorcida
Pela lágrima caída
Pela dor da solidão
E a chuva no meu pára-brisa

© Amigos / ECRA

9. O quintal do vizinho (Almir Sater)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

9. O quintal do vizinho (Almir Sater)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu hoje acordei pensando
Num sonho que eu tive à noite
Sentei-me na cama para pensar
No sonho que eu tive
No sonho que eu tive
No sonho que eu tive
Fiquei tanto tempo pensando
Em tudo que estive sonhando
Que por um momento
Pensei ser verdade
O sonho que eu tive
O sonho que eu tive
Sonhei que entrei no quintal do vizinho
E plantei uma flor
No dia seguinte ele estava sorrindo
Dizendo que a primavera chegou
E quando eu abri a janela
Estava um dia tão lindo
No outro quintal o vizinho sorrindo
Lembrei do meu sonho
O sonho que eu tive
O sonho que tive
E quando eu abri a janela
O dia estava tão lindo
No outro quintal meu vizinho sorrindo
Lembrei do meu sonho
Do sonho que eu tive
Do sonho que eu tive
O sonho que eu tive
O sonho que eu tive
O sonho que eu tive

© Amigo / ECRA

10. Esqueça (Forget Him) (Elba Ramalho)
(Mark Anthony)
view lyrics»

10. Esqueça (Forget Him) (Elba Ramalho)
(Mark Anthony)

Esqueça, se ele não te ama
Esqueça, se ele não te quer
Não chore mais, não sofra assim
Porque posso te dar amor sem fim
Ele não pensa em querer-te
Te faz sofrer e até chorar, oh, oh,
Não chore mais, vem pra mim, vem
Não sofra, não pense, não chore mais, meu bem
Esqueça! Esqueça! Não chore mais, esqueça!

Ele não pensa em querer-te
Te faz sofrer e até chorar, oh, oh,
Não chore mais, vem pra mim, vem
Não sofra, não pense, não chore mais, meu bem
Não chore mais meu bem
Não chore mais meu bem

© Sony Music

11. Jesus Cristo (Victor & Leo)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

11. Jesus Cristo (Victor & Leo)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Olho pro céu e vejo
Uma nuvem branca que vai passando
Olho na terra e vejo
Uma multidão que vai caminhando
Como essa nuvem branca
Essa gente não sabe aonde vai
Quem poderá dizer o caminho certo
É Você meu Pai
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Toda essa multidão
Tem no peito amor e procura a paz
E apesar de tudo
A esperança não se desfaz
Olhando a flor que nasce
No chão daquele que tem amor
Olho pro céu e sinto
Crescer a fé no meu Salvador
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui

Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Em cada esquina eu vejo
O olhar perdido de um irmão
Em busca do mesmo bem
Nessa direção caminhando vem
É meu desejo ver
Aumentando sempre essa procissão
Para que todos cantem
Na mesma voz essa oração
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo, eu estou aqui

© Warner/Chappel

12. Eu disse adeus (Roberta Miranda)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

12. Eu disse adeus (Roberta Miranda)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu disse adeus
Nem mesmo eu acreditei
Mas disse adeus
E vi cair no chão
Todos os sonhos meus
E disse adeus
Às ilusões também
E aos sonhos meus
Eu disse adeus
E vi o mundo inteiro
Desabar em mim
Queria ser feliz
E acabei assim
Me condenando a ter
Recordações, recordações
Vai ser tão triste olhar sozinho
Tudo, tudo o que era de nós dois
Mas foi melhor dizer adeus naquela hora
Pra não chorar depois
Eu disse adeus
Nem mesmo eu acreditei
Mas disse adeus
Pisei as ilusões
E até os sonhos meus
E veio o pranto
E mesmo assim
Eu disse adeus
Eu disse adeus
Vai ser tão triste olhar sozinho
Tudo o que era de nós dois
Mas foi melhor dizer adeus naquela hora
Pra não chorar depois
(Falando):
Eu disse adeus
Disse adeus às ilusões
Eu disse adeus

© EMI Music Publishing

13. O portão (Zezé Di Camargo & Luciano)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

13. O portão (Zezé Di Camargo & Luciano)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu cheguei em frente ao portão
Meu cachorro me sorriu latindo
Minhas malas coloquei no chão
Eu voltei
Tudo estava igual como era antes
Quase nada se modificou
Acho que só eu mesmo mudei
E voltei
Eu voltei agora pra ficar
Porque aqui, aqui é meu lugar
Eu voltei pras coisas que eu deixei
Eu voltei
Fui abrindo a porta devagar
Mas deixei a luz entrar primeiro
Todo o meu passado iluminei
E entrei
Meu retrato ainda na parede
Meio amarelado pelo tempo
Como a perguntar por onde andei
E eu falei:

Onde andei não deu para ficar
Porque aqui, aqui é meu lugar
Eu voltei pras coisas que eu deixei
Eu voltei
Sem saber depois de tanto tempo
Se havia alguém à minha espera
Passos indecisos caminhei
E parei
Quando vi que dois braços abertos
Me abraçaram como antigamente
Tanto quis dizer e não falei
E chorei
Eu voltei agora pra ficar
Porque aqui, aqui é meu lugar
Eu voltei pras coisas que eu deixei
Eu voltei
Eu voltei agora pra ficar
Porque aqui, aqui é meu lugar
Eu voltei pras coisas que eu deixei
Eu voltei
Eu parei em frente ao portão
Meu cachorro me sorriu latindo

© EMI Music Publishing

14. Quando (Zezé Di Camargo & Luciano e Daniel)
(Roberto Carlos)
view lyrics»

14. Quando (Zezé Di Camargo & Luciano e Daniel)
(Roberto Carlos)

Quando você se separou de mim
Quase que a minha vida teve fim
Sofri, chorei, tanto que nem sei
Tudo o que chorei por você, por você
Quando você se separou de mim
Eu pensei que ia até morrer
Depois lutei tanto pra esquecer
Tudo o que passei com você, com você, com você
E mesmo assim ainda eu não vou
Dizer que já te esqueci
Se alguém vier me perguntar
Nem mesmo sei o que vou falar
Eu posso até dizer
Ninguém te amou o tanto quanto eu te amei
Mas você não mereceu
O amor que eu te dei
Quando você se separou de mim
Quase que a minha vida teve fim
Agora eu nem quero lembrar
Que um dia eu te amei e sofri e chorei
Eu te amei e chorei
E mesmo assim ainda eu não vou
Dizer que já te esqueci
Se alguém vier me perguntar
Nem mesmo sei o que vou falar
Eu posso até dizer
Ninguém te amou o tanto quanto eu te amei
Mas você não mereceu
O amor que eu te dei
Quando você se separou de mim
Quase que a minha vida teve fim
Agora eu nem quero lembrar
Que um dia eu te amei e sofri e chorei
Por você eu chorei
Por você eu chorei
Eu sofri...

© Edições Euterpe

15. Do fundo do meu coração (Daniel)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

15. Do fundo do meu coração (Daniel)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu, cada vez que vi você chegar,
Me fazer sorrir e me deixar
Decidido, eu disse nunca mais
Mas, novamente estúpido provei
Desse doce amargo quando eu sei
Cada volta sua o que me faz
Vi todo o meu orgulho em sua mão
Deslizar, se espatifar no chão
Vi o meu amor tratado assim
Mas, basta agora o que você me fez
Acabe com essa droga de uma vez
Não volte nunca pra mim
Mais uma vez aqui
Olhando as cicatrizes desse amor
Eu vou ficar aqui
E sei que vou chorar a mesma dor
Agora eu tenho que saber
O que é viver sem você
Eu, toda vez que vi você voltar,
Eu pensei que fosse pra ficar
E mais uma vez falei que sim
Mas, já depois de tanta solidão
Do fundo do meu coração
Não volte nunca mais pra mim
Mais uma vez aqui
Olhando as cicatrizes desse amor
Eu vou ficar aqui
E sei que vou chorar a mesma dor
Se você me perguntar se ainda é seu
Todo o meu amor, eu sei que eu
Certamente vou dizer que sim
Mas, já depois de tanta solidão
Do fundo do meu coração
Não volte nunca mais pra mim
Do fundo do meu coração
Não volte nunca mais pra mim

© Amigos / ECRA

16. Sentado à beira do caminho (Rionegro & Solimões)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

16. Sentado à beira do caminho (Rionegro & Solimões)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu não posso mais ficar aqui
A esperar!
Que um dia de repente
Você volte para mim...

Vejo caminhões
E carros apressados
A passar por mim
Estou sentado à beira
De um caminho
Que não tem mais fim...

Meu olhar se perde na poeira
Dessa estrada triste
Onde a tristeza
E a saudade de você
Ainda existe...

Esse sol que queima
No meu rosto
Um resto de esperança
De ao menos ver de perto
O seu olhar
Que eu trago na lembrança...

Preciso acabar logo com isso
Preciso lembrar que eu existo
Que eu existo, que eu existo...

Vem a chuva, molha o meu rosto
E então eu choro tanto
Minhas lágrimas
E os pingos dessa chuva
Se confundem com o meu pranto...

Olho prá mim mesmo e procuro
E não encontro nada
Sou um pobre resto de esperança
À beira de uma estrada...
Preciso acabar logo com isso
Preciso lembrar que eu existo
Que eu existo, que eu existo...

Carros, caminhões, poeira
Estrada, tudo, tudo, tudo
Se confunde em minha mente
Minha sombra me acompanha
E vê que eu
Estou morrendo lentamente...
Só você não vê que eu
Não posso mais
Ficar aqui sozinho
Esperando a vida inteira
Por você
Sentado à beira do caminho...
Preciso acabar logo com isso
Preciso lembrar que eu existo
Que eu existo, que eu existo...

Larará Larará Lararará!
Larará Larará Lararará!
Larará Larará Lararará!
Larará Larará Lararará!
Larará Larará Lararará!...

17. Por amor (Leonardo)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

17. Por amor (Leonardo)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu ouvi dizer que você falou
Que está pensando em voltar pra mim
E se entristece ao saber como eu estou
Mas você precisa saber que eu
Ainda tenho um pouco de orgulho em mim
E embora quase morto eu tenho aquele amor
Mas eu não vou deixar você me ver assim
Minha vida se modificou
Do que eu era nada mais eu sou
Eu me perdi
E no submundo onde estou
Sobrevivo sem saber se vou
Ainda crer no amor
Mesmo sem ter você
Mas se um dia
Se um dia você voltar
Então eu vou ter chance de me levantar
Pois só você me pode
Estender a mão
Mas se não for por amor
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão

E no submundo onde estou
Sobrevivo sem saber se vou
Ao menos crer no amor
Mesmo sem ter você
Mas se um dia
Se um dia você voltar
Então eu terei chance de me levantar
Pois só você me pode
Estender a mão
Mas se não for por amor
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão
Me deixe aqui no chão

© EMI Music Publishing

18. Eu preciso de você (Chitãozinho & Xororó)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

18. Eu preciso de você (Chitãozinho & Xororó)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu preciso de você
Porque tudo o que eu pensei
Que pudesse desfrutar da vida
Sem você não sei
Meu amanhecer é lindo
Se você comigo está
Tudo é mais bonito
No sorriso que você me dá
Eu não vivo sem você
Porque tudo que eu andei
Procurando pela vida
Agora eu sei
Que andei sabendo
Que em algum lugar te encontraria
Pois você já era minha
E eu sabia
Como a abelha
Necessita de uma flor
Eu preciso de você
E desse amor
Como a terra necessita
O sol e a chuva
Eu te preciso
E não vivo um só minuto sem você

Mas eu preciso de você
Porque em toda a minha vida
Nem por uma vez
Amei alguém assim
Você é tudo, é muito mais
Do que sonhei pra mim
E é por isso
Que eu preciso de você
Como a abelha
Necessita de uma flor
Eu preciso de você
E desse amor
Como a terra necessita
O sol e a chuva
Eu te preciso
E não vivo um só minuto sem você
Mas eu preciso de você
Porque em toda a minha vida
Nem por uma vez
Amei alguém assim
Você é tudo, é muito mais
Do que sonhei pra mim
E é por isso
Que eu preciso de você

© Amigo / ECRA

19. É preciso saber viver (Leonardo e Chitãozinho & Xororó)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

19. É preciso saber viver (Leonardo e Chitãozinho & Xororó)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver
Toda pedra do caminho
Você deve retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
Saber viver

Toda pedra do caminho
Você deve retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
Saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
Saber viver

© FERMATA

20. Como é grande o meu amor por você (Roberto Carlos)
(Roberto Carlos)
view lyrics»

20. Como é grande o meu amor por você (Roberto Carlos)
(Roberto Carlos)

Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você
E não ha nada pra comparar
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor por você
Nem mesmo o céu, nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor, nem mais bonito
Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você
Nunca se esqueça nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você
Nunca se esqueça nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você
Mas como é grande o meu amor por você

© EMI

21. Eu quero apenas (Todos)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

21. Eu quero apenas (Todos)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Eu quero apenas olhar os campos
Eu quero apenas cantar meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero apenas um vento forte
Levar meu barco no rumo norte
E no caminho o que eu pescar
Quero dividir quando lá chegar
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero crer na paz do futuro
Eu quero ter um quintal sem muro
Quero meu filho pisando firme
Cantando alto, sorrindo livre
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Eu quero amor decidindo a vida
Sentir a força da mão amiga
O meu irmão com um sorriso aberto
Se ele chorar quero estar por perto
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Venha comigo olhar os campos
Cante comigo também meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

© EMI Music Publishing