Roberto Carlos (1969) [1969]

CD:
Play Track
1. As flores do jardim da nossa casa
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

1. As flores do jardim da nossa casa
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

As flores do jardim da nossa casa
Morreram todas de saudade de você
E as rosas que cobriam nossa estrada
Perderam a vontade de viver
Eu já não posso mais
Olhar nosso jardim
Lá não existem flores
Tudo morreu pra mim
Não, não, não, não posso mais
Olhar nosso jardim
Lá não existem flores
Tudo morreu pra mim
As coisas que eram nossas se acabaram
Tristeza e solidão é o que restou
As luzes das estrelas se apagaram
E o inverno da saudade começou
As nuvens brancas escureceram
E o nosso céu azul se transformou
O vento carregou todas as flores
E em nós a tempestade desabou

Eu já não posso mais
Olhar nosso jardim
Lá não existem flores
Tudo morreu pra mim
Não, não, não, não posso mais
Olhar nosso jardim
Lá não existem flores
Tudo morreu pra mim
Mas não faz mal
Depois que a chuva cair
Outro jardim um dia
Há de reflorir
Eu já não posso mais
Olhar nosso jardim
Lá não existem flores
Tudo morreu pra mim
Não, não, não, não, não posso mais
Não posso mais
Olhar nosso jardim
Lá não existem flores
Tudo morreu pra mim

© EMI

Play Track
2. Aceito seu coração
(Puruca)
view lyrics»

2. Aceito seu coração
(Puruca)

Eu não pensava que você viesse pra ficar
Felicidade traz pra mim
O que passou não quero mais lembrar
Só quero ter você aqui
Em cada dia quero ver de novo renascer
O amor que nunca mais senti
Aceito o seu coração
Para ficar junto ao meu mais uma vez
Você pode não acreditar
Eu fiquei só sem ter ninguém
Todo o amor que eu guardei em mim
Sempre será só seu meu bem
Em cada dia quero ver de novo renascer
O amor que nunca mais senti
Aceito o seu coração
Para ficar junto ao meu mais uma vez
Você pode não acreditar
Eu fiquei só sem ter ninguém
Todo o amor que eu guardei em mim
Sempre será só seu meu bem
Em cada dia quero ver de novo renascer
O amor que nunca mais senti
Aceito o seu coração
Para ficar junto ao meu mais uma vez
Para ficar junto ao meu mais uma vez
Para ficar junto ao meu mais uma vez

© EMI Music Publishing

Play Track
3. Nada vai me convencer
(Paulo César Barros)
view lyrics»

3. Nada vai me convencer
(Paulo César Barros)

Cansei de ser escravo do seu coração
Agora resolvi fazer
Você sentir a dor que eu senti
Você sentir na pele o que é sofrer
Eu sei que vou ser forte pra lhe mostrar
Que mesmo lhe querendo vou lhe deixar
Já cansei de ser escravo de você
Já cansei de ser escravo de você
Duvido que você na vida possa ter
A sorte de encontrar um outro alguém
Que pense em você e queira só você
Duvido que isso possa acontecer
Então eu quero ver você se humilhar
Querendo dar um jeito para voltar
Já cansei de ser escravo de você
Já cansei de ser escravo de você
Agora você vem dizendo que sem mim
Seu coração não pode mais viver
Não adianta nada o que você disser
Pois nada disso vai me convencer
Vai ser difícil conseguir lhe esquecer
Mas seja como for não vou lhe querer
Já cansei de ser escravo de você
Já cansei de ser escravo de você

Duvido que você na vida possa ter
A sorte de encontrar um outro alguém
Que pense em você e queira só você
Duvido que isso possa acontecer
Então eu quero ver você se humilhar
Querendo dar um jeito para voltar
Mas cansei de ser escravo de você
Já cansei de ser escravo de você
Agora você vem dizendo que sem mim
Seu coração não pode mais viver
Não adianta nada o que você disser
Pois nada disso vai me convencer
Vai ser difícil conseguir lhe esquecer
E seja como for não vou lhe querer
Já cansei de ser escravo de você
Já cansei de ser escravo de você
Já cansei de ser escravo de você
Já, eu já cansei de ser escravo de você
Eu já cansei

© EMI Music Publishing

Play Track
4. Do outro lado da cidade
(Helena dos Santos)
view lyrics»

4. Do outro lado da cidade
(Helena dos Santos)

A cidade agora
Do outro lado tem
Alguém que vive sem saber
Que eu vivo aqui também
Se esse alguém soubesse
Que eu estou morando
Desse lado da cidade
Estou lhe procurando
Do outro lado da cidade
Eu sei que a felicidade está
Ainda vou saber exatamente
Onde ela vive e vou pra lá
Desse lado da cidade não tem sol
E tudo é muito triste
Porque a alegria que havia
Em minha rua não existe
Eu vou mudar pro outro lado da cidade
Pra melhor lhe procurar
E só vou parar de andar pela cidade
Quando lhe encontrar, lhe encontrar

A cidade agora
Do outro lado tem
Alguém que vive sem saber
Que eu vivo aqui também
Se esse alguém soubesse
Que eu estou morando
Desse lado da cidade
Estou lhe procurando
Desse lado da cidade não tem sol
E tudo é muito triste
Porque a alegria que havia
Em minha rua não existe
Vou me mudar pro outro lado da cidade
Pra poder lhe procurar
E só vou parar de andar pela cidade
Quando lhe encontrar, lhe encontrar

© EMI Music Publishing

Play Track
5. Quero ter você perto de mim
(Nenéo)
view lyrics»

5. Quero ter você perto de mim
(Nenéo)

Sem você
Minhas noites são tão tristes
Vou morrer
Meu bem, vem depressa
Vem me aquecer
Quero ter você perto de mim
Dá-me o calor de seus mãos, meu bem
Aquece a minha alma com um amor sem fim
E deixa pelo menos que eu morra assim
Quero ter você perto de mim
Para lhe entregar meu coração
Que chorando
Não entende que você não pode estar aqui
Que por força da razão teve que partir
Mas breve voltará, enfim
Quero ter você perto de mim

Dá-me o calor das suas mãos, meu bem
Aquece a minha alma com um amor sem fim
E deixa pelo menos que eu morra assim
Quero ter você perto de mim
Para lhe entregar meu coração
Que chorando
Não entende que você não pode estar aqui
Que por força da razão teve que partir
Mas breve voltará enfim
Quero ter você perto de mim
Bem perto de mim

© Fermata

Play Track
6. O diamante cor-de-rosa
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

6. O diamante cor-de-rosa
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Música instrumental

Play Track
7. Não vou ficar
(Tim Maia)
view lyrics»

7. Não vou ficar
(Tim Maia)

Há muito tempo eu vivi calado
Mas agora resolvi falar
Chegou a hora, tem que ser agora
E com você não posso mais ficar
Não vou ficar, não (não, não)
Não posso mais ficar, não, não, não
Não posso mais ficar, não
Toda verdade deve ser falada
E não vale nada se enganar
Não tem mais jeito, tudo está desfeito
E com você não posso mais ficar
Não vou ficar, não (não, não)
Não posso mais ficar, não, não, não(Não, não)
Não posso mais ficar não
Pensando bem
Não vale a pena
Ficar tentando em vão
O nosso amor não tem mais condição
Não, não, não, não, não, não, não

Por isso resolvi agora
Lhe deixar de fora do meu coração
Com você não dá mais certo e ficar sozinho
É minha solução, é solução sim (ah, ah)
Não tem mais solução, não, não, não
Não tem mais solução, não
Pensando bem
Não vale a pena
Ficar tentando em vão
O nosso amor não tem mais condição
Não, não, não, não, não, não, não

Por isso resolvi agora
Lhe deixar de fora do meu coração
Com você não dá mais certo e ficar sozinho
É minha solução, é solução sim (ah, ah)
Não tem mais solução, não, não, não,
Não tem mais solução, não, não, não
Não tem mais solução não

© EMI Music Publishing

Play Track
8. As curvas da estrada de Santos
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

8. As curvas da estrada de Santos
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Se você pretende saber quem eu sou
Eu posso lhe dizer
Entre no meu carro na Estrada de Santos
E você vai me conhecer
Você vai pensar que eu
Não gosto nem mesmo de mim
E que na minha idade
Só a velocidade anda junto a mim
Só ando sozinho e no meu caminho
O tempo é cada vez menor
Preciso de ajuda, por favor me acuda
Eu vivo muito só
Se acaso numa curva
Eu me lembro do meu mundo
Eu piso mais fundo, corrijo num segundo
Não posso parar
Eu prefiro as curvas da Estrada de Santos
Onde eu tento esquecer
Um amor que eu tive e vi pelo espelho
Na distância se perder
Mas se amor que eu perdi
Eu novamente encontrar, oh
As curvas se acabam e na Estrada de Santos
Não vou mais passar
Não, não vou mais passar, oh
Eu prefiro as curvas da Estrada de Santos
Onde eu tento esquecer
Um amor que eu tive e vi pelo espelho
Na distância se perder
Mas se amor que eu perdi
Eu novamente encontrar, oh, oh
As curvas se acabam e na Estrada de Santos
Eu não vou mais passar
Não, não, não, não, não, não
Na Estrada de Santos as curvas se acabam
E eu não vou mais passar
Não, não, não,
Oh , na Estrada de Santos as curvas se acabam

© Edições Euterpe

Play Track
9. Sua estupidez
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

9. Sua estupidez
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Meu bem, meu bem
Você tem que acreditar em mim
Ninguém pode destruir assim
Um grande amor
Não dê ouvidos à maldade alheia e creia
Sua estupidez não lhe deixa ver que eu te amo
Meu bem, meu bem
Use a inteligência uma vez só
Quantos idiotas vivem só
Sem ter amor
E você vai ficar também sozinha, eu sei porque,
Sua estupidez não lhe deixa ver que eu te amo
Quantas vezes eu tentei falar
Que no mundo não há mais lugar
Pra quem toma decisões na vida sem pensar
Conte ao menos até três
Se precisar conte outra vez
Mas pense outra vez
Meu bem, meu bem, meu bem, eu te amo

Meu bem, meu bem
Sua incompreensão já é demais
Nunca vi alguém tão incapaz
De compreender
Que o meu amor é bem maior que tudo que existe
Mas sua estupidez não lhe deixa ver que eu te amo
Quantas vezes eu tentei falar
Que no mundo não há mais lugar
Pra quem toma decisões na vida sem pensar
Conte ao menos até três
Se precisar conte outra vez
Mas pense outra vez
Meu bem, meu bem, meu bem, eu te amo
Meu bem, meu bem
Sua incompreensão já é demais
Nunca vi alguém tão incapaz
De compreender
Que o meu amor é bem maior que tudo que existe
Mas sua estupidez não lhe deixa ver que eu te amo
Que eu te amo
Que eu te amo
Que eu te amo

© EMI Music Publishing

Play Track
10. Oh! Meu imenso amor
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

10. Oh! Meu imenso amor
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Ah, se você me deixar
Não saberei mais viver
Eu te juro querida
Te darei minha vida
Farei tudo pra você ficar
Mas se você me entender
E aceitar meu amor
Eu viverei tão feliz
E direi
Oh! Meu imenso amor

Ah, se você me deixar
Não saberei mais viver
Eu te juro querida
Te darei minha vida
Farei tudo pra você ficar
Mas se você me entender
E aceitar meu amor
Eu viverei tão feliz
E direi
Oh! Meu imenso amor

© EMI

Play Track
11. Não adianta
(Édson Ribeiro)
view lyrics»

11. Não adianta
(Édson Ribeiro)

De que adianta eu ficar pensando
Sempre em você
Se brigamos tanto e eu sei que um dia
Posso te perder
De que adianta eu ficar dizendo
Que te amo tanto
Se você não teve nem por um momento
Pena do meu pranto
Se não existe nada
Então eu posso ir
Você me deixa triste
Não fico mais aqui, aqui, aqui
Você já me disse
Que vai ficar triste se eu te deixar
Mas eu não entendo
Se até agora não me soube amar
Vou ficar sozinho
Mas o meu caminho tenho que seguir
E talvez um dia nova alegria
Eu volte a sentir

Se não existe nada
Então eu posso ir
Você me deixa triste
Não fico mais aqui, aqui, aqui
E então pra sempre
Eu cheguei agora à triste conclusão
Que você não pode nunca mais ser dona
Do meu coração
Sei que vai ser triste
Mas infelizmente tudo se acabou
Vou pelo caminho
Onde muita gente triste já passou
Se não existe nada
Então eu posso ir
Você me deixa triste
Não fico mais aqui, aqui, aqui
Hum, hum, hum, hum, hum
Vou pelo caminho
Onde muita gente triste já passou

© EMI Music Publishing

Play Track
12. Nada tenho a perder
(Getúlio Cortes)
view lyrics»

12. Nada tenho a perder
(Getúlio Cortes)

Sei que não devia nem queria
Lhe deixar outra vez porque
Perdi a coragem que eu tinha
Para dizer adeus
E agora quero crer

Que não poderia
Esconder que jamais esqueci você
Mas hoje seu silêncio me revelou
Que já não me pertence o seu amor
Eu senti que é inútil ficar
Por isso eu vou seguindo, esperando encontrar
Alguém pra mim sorrindo
Nada tenho a dizer se você quer que seja assim
Longe daqui não pretendo chorar
Vou reagir, não preciso mudar
Quero viver
Nada tenho a perder, meu bem

Eu senti que é inútil ficar
Por isso eu vou seguindo, esperando encontrar
Alguém pra mim sorrindo
Nada tenho a dizer se você quer que seja assim
Longe daqui não pretendo chorar
Vou reagir, não preciso mudar
Quero viver
Nada tenho a perder, meu bem
Sei que não devia nem queria
Lhe deixar outra vez porque
Perdi a coragem que eu tinha
Para dizer adeus

© EMI Music Publishing