Roberto Carlos (1988) [1988]

CD:
Play Track
1. Se diverte e já não pensa em mim
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

1. Se diverte e já não pensa em mim
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

De manhã vai pro trabalho
Apressada nem se lembra que eu existo
E na pressa dos seus passos
Pisa o coração de quem sofre com isto
Bate a porta do seu carro, liga o rádio
Canta junto os sucessos do momento
E se esquece que até bem pouco tempo
Me cantava seu amor, seu sentimento
Agitando todo dia
Me deixando cada vez mais esquecido
Usa o fax e o telex
Movimenta-se sensual no seu vestido
Às seis horas ela fala ao telefone
Muda o tom da voz, disfarça num sorriso
Um convite pra jantar
Um lugar aconchegante, depois dançar
Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim
Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim
Posso compreender
Tudo teve fim
Mas essa indiferença
É o que dói demais em mim
Corre a noite, é madrugada
E o meu pensamento aumenta o meu ciúme
Imagino ela dançando
E um outro desfrutando o seu perfume
Eu não quero imaginar o fim da noite
Qualquer coisa a mais eu não suportaria
E prefiro acreditar na ilusão de ela voltar
Mas que ironia
Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim
Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim
Posso compreender
Tudo teve fim
Mas essa indiferença
É o que dói demais em mim

Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim
Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim
Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim
Se diverte e já não pensa em mim
Não pensa em mim, não pensa em mim

© Amigos / ECRA

Play Track
2. Todo mundo é alguém
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

2. Todo mundo é alguém
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Somos uma multidão de iguais
Semelhantes sonhos, ilusões
Direções diversas na conquista
Dos ideais, universais
Não se escreve o nome de um homem
Em tudo o que ele faz
Mas onde ele põe suas mãos
Estão as digitais
Não importa qual a cor do homem
Como ele se veste, de onde vem
Dentro de um castelo ou de um barraco
Ele é alguém com o que tem
É guerreiro nessa disputa
E onde ele estiver
O respeito por sua luta
É tudo o que ele quer
Debaixo desse céu
Sob a luz do mesmo sol
Todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Da semente ao trigo quantos são (quantos são)
Pra fazer chegar à mesa o pão (o pão)
Do barro até o topo de um arranha-céu (arranha-céu)
Quantos estão nessa missão
Todo ser humano é importante
Naquilo que ele faz
Às vezes por caminhos distantes
Mas todos são iguais
Por isso
Quem é quem
Se aos olhos de Deus
Todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem
Quem é quem
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem
Quem é quem
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem
Quem é quem
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem
Quem é quem
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem (quem é quem)
Quem é quem (quem é quem)
Nesse mundo todo mundo é alguém
Quem é quem

© Amigos / ECRA

Play Track
3. Se você disser que não me ama
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

3. Se você disser que não me ama
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Se você disser que não me ama
Tem que me dizer mais de uma vez
Tem que me fazer acreditar
Em coisas que eu não quero ouvir

Tem que dizer tudo que eu detesto
Que não me suporta, que eu não presto
Tem que repetir por muitas vezes
Que não quer saber de mim

Tem que me dizer coisas horríveis
Inacreditáveis, impossíveis
Coisas que um homem não suporta
Ter que ouvir de uma mulher

Tem que me dizer que eu vá embora
Me botar daquela porta afora
E mesmo assim não sei se desse jeito
Em tudo isso vou acreditar

Tem que disfarçar o seu desejo
E não se excitar quando eu te beijo
Porque qualquer pequeno gesto seu
É um bom motivo pra eu ficar

Tem que me dizer coisas horríveis
Inacreditáveis, impossíveis
Coisas que um homem não suporta
Ter que ouvir de uma mulher

Tem que me dizer que eu vá embora
Me botar daquela porta afora
E mesmo assim não sei se desse jeito
Em tudo isso vou acreditar

Tem que disfarçar o seu desejo
E não se excitar quando eu te beijo
Porque qualquer pequeno gesto seu
É um bom motivo pra eu ficar

Se você disser que não me ama
Tem que me dizer mais de uma vez
Se você disser que não me ama
Tem que me dizer mais de uma vez

© Amigos / ECRA

Play Track
4. Como as ondas do mar
(Marcos Valle - Carlos Colla)
view lyrics»

4. Como as ondas do mar
(Marcos Valle - Carlos Colla)

Você foi a paixão
Que esqueci de esquecer
A lembrança mais doce
O sorriso mais lindo
Que alguém pode ter
Você foi a primeira
E a única vez
Que o meu coração
Se entregou sem receios e sem timidez
Eu me dei pra você de presente
E você por um tempo me quis
E eu posso dizer francamente
Com você é que eu fui mais feliz
Se eu fosse você eu voltava
Não se deixa um amor lindo assim
Se eu fosse você meu amor
Como alguém já falou: eu voltava pra mim
Tudo vem tudo vai
Como as ondas do mar
Com você aprendi
Que o que dá pra sorrir também dá pra chorar
E um amor verdadeiro ninguém pode esquecer
E por mais que se acabe
E se afaste do peito
Ele volta a nascer

© UNIVERSAL MUSIC PUBLISHING MGB

Play Track
5. Se o amor se vai (Si el amor se va)
(Roberto Livi - Bebu Silvetti / versão: Roberto Carlos - Carlos Colla)
view lyrics»

5. Se o amor se vai (Si el amor se va)
(Roberto Livi - Bebu Silvetti / versão: Roberto Carlos - Carlos Colla)

Se o amor se vai, que vazio imenso
Fica em nossa vida, Quanta solidão
Se o amor se vai, vão-se as alegrias
E sem fantasias
Sofre o coração
Quando já não está sob a luz da lua
As pequenas ruas já não são iguais
Se o amor se vai, se o amor se vai
Pobres namorados choram separados
Por razões banais
Se o amor se vai, lágrimas no tempo
Choram por momentos que não voltam mais
Se o amor se vai tudo o que se passa
Já não tem mais graça
Nada satisfaz
Mas se o amor está, tudo faz sentido
Tudo é permitido, tudo fica em paz
Se o amor se vai, se o amor se vai
É que a gente aprende, é que a gente sente
A falta que ele faz
Se o amor se vai, a quem dar as flores
Se não há amores para conquistar
Se o amor se vai, quanta nostalgia
Na canção que um dia
Só nos fez sonhar
Mas se o amor está, tudo é de verdade
E a felicidade chega pra ficar
Tudo que eu sonhei seu amor me dá
Fica mais comigo, quando estou contigo
O amor está
Se o amor se vai, a quem dar as flores
Se não há amores para conquistar
Se o amor se vai, quanta nostalgia
Na canção que um dia
Só nos fez sonhar
Mas se o amor está, tudo é de verdade
E a felicidade chega pra ficar
Tudo que eu sonhei seu amor em dá
Fica mais comigo, quando estou contigo
O amor está
Se o amor se vai, a quem dar as flores
Se não há amores para conquistar
Se o amor se vai, quanta nostalgia
Na canção que um dia
Só nos fez sonhar

© EMI

Play Track
6. Papo de esquina
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

6. Papo de esquina
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Que bom te ver aqui com essa cara de contente
Faz tempo que eu não vejo você
(A mesma impressão eu tenho do amigo
Sorrindo pra tudo que vê)
Quem vive sorrindo assim desse jeito
Só pode mesmo ser por amor
(Vai adivinhar no mato, meu grande barato
Parece que alguém te contou)

(Num dia de chuva que coisa mais linda
Ela `tava esperando o sinal)
Num dia de sol me sorriu tão bonita
E eu puxei um assunto banal
(Joguei meu casaco pra que ela pisasse
E ela me deu nota dez)
A minha estava enxuta de fato
Mas não tão somente nos pés

Toda a razão dessa felicidade
É uma gata chocante que eu conheci na cidade

Na Segunda-feira de short amarelo
Ela `tava o que não tá no gibi
(A minha na terça sobrava no short
Se era amarelo eu nem vi)
Na quarta e na sexta num beijo me disse
Que tava gostando de mim
(Que coisa engraçada na quinta e no sábado
Comigo também foi assim)

(Ela gosta das flores que eu mando
E o cartão que eu escrevo sorri quando lê)
A minha usa flor no cabelo
Será que essa flor não é do mesmo bouquet ?
(Ela cuida do corpo, ela corre na praia
E ela adora sair pra dançar)
Não sei se me explico, mas tudo da minha
O amigo acabou de falar

Toda a razão dessa felicidade
É uma gata chocante que eu conheci na cidade

Conta mais, quero saber
O que você tem pra me dizer
Conta mais o que quiser
Quero saber mais dessa mulher

(Você não tá achando), mas é claro que eu estou
São histórias parecidas demais
(Me diz como ela é), será que ela é a mesma
De repente até são duas iguais
(A minha é a morena que ali já vem chegando
Com outra morena também)
A outra é a minha, as duas são lindas
Amigo, então tá tudo bem

Que bom que a razão dessa felicidade
São duas morenas que a gente encontrou na cidade
Que bom que a razão dessa felicidade
São duas morenas que a gente encontrou na cidade

Conta mais, quero saber
O que você tem pra me dizer
Conta mais o que quiser
Quero saber mais dessa mulher
Conta mais, quero saber
O que você tem pra me dizer
Conta mais o que quiser
Quero saber mais dessa mulher

© Amigos / ECRA

Play Track
7. Eu sem você
(Maurício Duboc - Carlos Colla)
view lyrics»

7. Eu sem você
(Maurício Duboc - Carlos Colla)

Eu sem você
Não importa o dia, hora e lugar
Qualquer coisa é uma razão pra pensar
Que não posso ter esquecer, eu te amo
Pelas manhãs, pelas tardes, pelas noites enfim
Eu só faço te esperar
Sem você não sei ficar
O meu amor é seu
Quando a primeira estrela aparecer
Onde eu estiver
Pare um pouco pra pensar em mim
Pois o brilho dessa estrela vai dizer
Tudo que eu senti
Tudo que sonhei por esse amor
Ah! Meu amor
Se você pudesse ver como estou
A tristeza que comigo ficou
Ocupando seu lugar, eu te amo
Volta pra mim
Eu te quero como sempre te quis
Eu preciso de você
É difícil te esquecer o meu amor é seu
Quando a primeira estrela aparecer
Onde eu estiver
Pare um pouco pra pensar em mim
Que o brilho dessa estrela vai dizer
Tudo que eu senti
Tudo que sonhei por esse amor
Quando a primeira estrela aparecer
Onde eu estiver
Pare um pouco pra pensar em mim
Pois o brilho dessa estrela vai dizer
Tudo que eu senti
Tudo que sonhei por esse amor

© EMI Music Publishing - BMG

Play Track
8. O que é que eu faço
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
view lyrics»

8. O que é que eu faço
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)

Se você por acaso me achar no seu caminho
Te pedindo um carinho
Não me negue um sorriso
Esse jeito, esse gesto, esse olhar
Não se faça de tonta sabendo que eu quero voltar
E se acaso você me encontrar na sua porta
Me convide para entrar
Me ofereça um café
Qualquer coisa, me aponte o sofá
Dez minutos apenas me dê e me ajude a falar
O que é que eu faço pra dizer tudo que eu sinto
O que é que eu faço pra fazer tudo que eu quero
Um empurrão, amor, e eu caio nos seus braços
O que é que eu faço, o que é que eu faço
Se você nesse dia quiser
Que eu fique um pouco mais
Pense bem, amor, no que você faz
Tenho as malas no carro, no caso é só você dizer
Pra eu ficar um pouco e esse pouco bastante vai ser
Se mais tarde você me encontrar na sua cama
Pode acreditar que eu enlouqueci
Enlouqueça comigo essa noite até o amanhecer
No café da manhã, meu amor, eu só quero você
O que é que eu faço pra dizer tudo que eu sinto
O que é que eu faço pra fazer tudo que eu quero
Um empurrão, amor, e eu caio nos seus braços
O que é que eu faço, o que é que eu faço
Enlouqueça comigo, essa noite até o amanhecer
No café da manhã, meu amor, eu só quero você
O que é que eu faço pra dizer tudo que eu sinto
O que é que eu faço pra fazer tudo que eu quero
Um empurrão, amor, e eu caio nos seus braços
O que é que eu faço, o que é que eu faço
O que é que eu faço pra dizer tudo que eu sinto
O que é que eu faço pra fazer tudo que eu quero
Um empurrão, amor, e eu caio nos seus braços
O que é que eu faço, o que é que eu faço

© Amigos / ECRA

Play Track
9. Toda vã filosofia
(Guilherme Arantes)
view lyrics»

9. Toda vã filosofia
(Guilherme Arantes)

Sei que ninguém vai me tirar
A alegria de viver
Pode tudo acontecer
Nada me fará afastar da esperança
Por tantas provas já passei
Quantas lágrimas chorei
Por um mundo que não sei compreender
Com meus olhos de criança
Mas hoje eu sei
Que só através do amor
O homem pode se encontrar
Com a perfeição dos sábios, uma ambição maior
Mais do que pode supor
O império da razão
Toda vã filosofia
Toda vã filosofia
Por isso insisto em cultivar
Os meus sonhos, minha fé
Esteja onde eu estiver
Creio em você, eu estou em segurança
Mas hoje eu sei
Que só através do amor
O homem pode se encontrar
Com a perfeição dos sábios, uma ambição maior
Mais do que pode supor
O império da razão
Toda vã filosofia
Toda vã filosofia
Toda vã filosofia

© Sony Music

Play Track
10. Volver
(Carlos Gardel - Alfredo Le Pêra)
view lyrics»

10. Volver
(Carlos Gardel - Alfredo Le Pêra)

Yo adivino el parpadeo
De las luces que a los lejos
Van marcando mi retorno
Son las mismas que alumbraron
Con sus palidos reflejos
Hondas horas de dolor
Y aunque no quise el regreso
Siempre se vuelve al primer amor
La vieja calle donde el eco dijo
Tuya es tu vida, tuyo es tu querer
Bajo el burlón mirar de las estrellas
Que con indiferencia hoy me ven volver
Volver
Con la frente marchita
Las nieves del tiempo
Platearon mi sien
Sentir
Que es un soplo la vida
Que veinte años no es nada
Que febril la mirada
Errante en la sombra
Te busca y te nombra
Vivir
Con el alma aferrada
A un dulce recuerdo
Que lloro otra vez
Tengo miedo del encuentro
Con el pasado que vuelve
A enfrentarse con mi vida
Tengo miedo de las noches
Que pobladas de recuerdos
Encadenen mi soñar
Pero el viajero que huye
Tarde o temprano detiene su andar
Y aunque el olvido
Que todo destruye
Haya matado mi vieja ilusión
Guardo escondida
Una esperanza humilde
Que es toda la fortuna
De mi corazón
Volver
Con la frente marchita
Las nieves del tiempo
Platearon mi sien
Sentir
Que es un soplo la vida
Que veinte años no es nada
Que febril la mirada
Errante en la sombra
Te busca y te nombra
Vivir
Con el alma aferrada
A un dulce recuerdo
Que lloro otra vez

© EMI - Warner Chappell - ADDAF