Novidades

Roberto Carlos – O Intérprete

Home » Novidade » Roberto Carlos – O Intérprete
2012 (Foto por Caio Girardi)

Roberto Carlos é um compositor competente e inspirado mas alguns grandes sucessos que conhecemos na sua voz não foram fruto de sua inspiração.

O seu primeiro trabalho, um disco de 78 rpm lançado em 1959, trazia duas canções de autoria de Carlos Imperial, sendo que uma delas (João e Maria) em parceria com o próprio Roberto.
Carlos Imperial foi responsável por fornecer muitas músicas para o repertório do iniciante Roberto Carlos.

Muitos foram os compositores que com suas criações ajudaram a fazer a história musical de Roberto Carlos.
Vamos relembrar?

“Eu sou o negro gato de arrepiar
E essa minha vida é mesmo de amargar
Só mesmo de um telhado aos outros desacato
Eu sou o negro gato, eu sou o negro gato”

Getúlio Cortes participou na criação de vários hits gravados por Roberto Carlos.
Escolhemos Negro gato, dentre tantos sucessos para representar sua obra.

“Meu pequeno Cachoeiro
Vivo só pensando em ti
Ai que saudade dessas terras
Entre as serras
Doce terra onde eu nasci”

Você deve estar pensando que nos enganamos ao incluir Meu pequeno Cachoeiro nesta matéria, não é mesmo?
Afinal é difícil de acreditar que esta música, cuja letra se adapta perfeitamente à realidade de Roberto Carlos foi composta por outra pessoa.
Seu nome: Raul Sampaio.

E o que dizer de Como vai você?

“Como vai você
Eu preciso saber da sua vida
Peça a alguém pra me contar sobre o seu dia
Anoiteceu e eu preciso só saber”

Antônio Marcos e Mário Marcos é que precisavam saber da sua vida…

“Olhe aqui, preste atenção
Essa é a nossa canção
Vou cantá-la seja onde for
Para nunca esquecer o nosso amor, nosso amor”

Pois é, será que você sabia que Nossa canção foi composta por Luiz Ayrão?

“Eu e ela, eu e ela
Somos dois apaixonados
Caminhamos lado a lado
Nesse amor sem fim”

E quem diria que foi Mauro Motta, Robson Jorge e Lincoln Olivetti que compuseram Eu e ela?

Quando pensamos em Roberto Carlos estes versos são sempre associados ao seu nome:
“Eu não vou saber me acostumar
Sem sua mão pra me acalmar
Sem seu olhar pra me entender
Sem seu carinho, amor, sem você”

Só que os responsáveis por Amor Perfeito são Michael Sullivan, Paulo Massadas, Lincoln Olivetti e Robson Jorge

Agora, Falando Sério, esta música não é a cara do Roberto?

“Falando sério
Eu não queria ter você por um programa
E apenas ser mais um na sua cama
Por uma noite apenas e nada mais”

Pode até ser mas a inspiração veio mesmo dos autores de Maurício Duboc e Carlos Colla.

E quando você pensa em…

“Esqueci de tentar te esquecer
Resolvi te querer por querer
Decidi te lembrar quantas vezes
Eu tenha vontade sem nada perder”

Outra vez também não é dele.
Esta belíssima composição nasceu da talentosa compositora Isolda.

Há pouco tempo Roberto Carlos nos brindou com interpretações maravilhosas quando gravou, junto a Caetano Veloso, as músicas de Tom Jobim

Uma verdadeira pérola ouvir interpretações como esta:

Mais recentemente Roberto Carlos gravou dois duetos que tiveram em comum um mesmo nome, o da compositora Kany Garci.
Em Chegaste, cuja versão em português é do próprio Roberto Carlos, os vocais foram divididos com Jennifer Lopez

Já em Esa Mujer Kany Garcia contou com a participação de Alejandro Sanz na composição e ele que divide os vocais com Roberto Carlos

Não importa se como compositor ou como intérprete, Roberto Carlos tem sempre o dom de nos surpreender e esta é uma das razões de admirarmos tanto o seu trabalho.