Novidades

MENSAGENS, BILHETES, CARTAS, RECADOS…

Home » Novidade » MENSAGENS, BILHETES, CARTAS, RECADOS…
Screen Shot 2021-01-11 at 12.18

Tem horas que a falta de comunicação é mesmo um problema…
Mas escrever é sempre uma ótima forma de se comunicar, quer ver?

Quantas vezes nos pegamos esperando o carteiro passar?
Ou, nos dias de hoje, checando os emails, Whatsapp, SMS…

“Meu amor está tão longe de mim
Meu bem não seja tão ruim
Escreva uma carta meu amor
E diga alguma coisa por favor”

Quem nunca guardou numa caixa velha de sapatos, uma carta amarelada pelo tempo com recordações de um amor esquecido?

“Mexendo no meu passado
Aperto em minhas mãos
Velhas cartas já marcadas
Pelo tempo”

Nada melhor do que palavras sobre um papel para nos lembrarmos de todo aquele sentimento que um dia existiu.

“Ontem amor eu reli
As cartas que te escrevi
Frases repletas de amor
Que por você eu senti, sofri”

Mas nos dias de hoje nem todos sabem se expressar assim. Só mesmo um Amante à moda antiga…

“Eu sou do tipo de certas coisas
Que já não são comuns nos nossos dias
As cartas de amor, o beijo na mão
Muitas manchas de batom daquele amasso no portão”

Escrever é muito mais que isso, é compartilhar o coração.

“E veio a primavera
E as flores do jardim
Enchiam de perfume
As cartas que chegavam de você pra mim”

É uma ótima forma de expressar o que estamos sentindo e um simples bilhetinho pode revelar grandes sentimento…

“Eu queria um passarinho ser
Pra levar um bilhetinho pra você
E nas mal traçadas linhas revelar
Minha paixão e o meu amor, meu grande amor”

Ou despertar estranhas sensações …

“Chego em casa, encontro apenas seu perfume
Alimento certo, nutritivo pro ciúme
Um bilhete escrito com batom me diz assim
Entre um take e outro eu telefono, pense em mim”

Queremos escrever para nossos ídolos…

“Tem alguém que escreve pra mocinha
Cartas de amor iguais às minhas
E hoje na novela todo mundo vai saber
Quem é esse que ela ama e trata de esconder
Só falta ela dizer que o autor
Das cartas que ela recebeu, sou eu”

E receber algo escrito por eles também…

“Segue um retrato autografado com um carinho especial
O que escrevi na realidade não é muito original
Mas são palavras tão sinceras”

Mas chega um momento em que só palavras escritas não são suficientes para acalentar nossos corações.
Aí temos que lançar mão de todos os artifícios que conhecemos e dizer, como Roberto Carlos nos ensinou desde 1968:

“Cartas já não adiantam mais
Quero ouvir a sua voz
Vou telefonar dizendo
Que eu estou quase morrendo
De saudade de você
Eu te amo, eu te amo, eu te amo”

Que tal deixar seu comentário para Roberto Carlos?
Facebook
Twitter